Vantagens em delegar tarefas

Delegar tarefas não é sinal de fraqueza ou incapacidade de trabalho, pelo contrário, é um sinal de liderança. A delegação de tarefas efetuada de modo assertivo poderá ser uma das melhores ferramentas de gestão.

Delegar tarefas não se trata de descartar, de modo que lhe seja conveniente, aquelas tarefas que não gosta de realizar. Gestores bem-sucedidos não fazem a gestão minuciosa de todas as fases e microfases dos processos de trabalho. Gestores bem-sucedidos reservam tempo para se dedicarem aos grandes assuntos que têm para resolver e delegam na equipa, ou em determinados elementos da equipa, as tarefas que estes últimos possam desenvolver e controlar. A delegação de tarefas, acompanhada de adequada formação, definição concreta do que é para realizar e das metas a atingir, dará à equipa um grau ideal de autonomia para que estes possam tomar as decisões necessárias em determinados processos, permitindo-lhe poupar tempo para se dedicar aos grandes assuntos de gestão. Deste modo, num espírito de verdadeiro trabalho de equipa, todos poderão dar o melhor de si, dentro das suas responsabilidades, o que originará melhores resultados para o negócio.

Alguns bons motivos para delegar:

Reparta a carga

É muito comum que os gestores pensem que são eles próprios os melhores para desempenhar a maior parte das tarefas mais importantes. É um erro. Todos temos capacidades e fraquezas e distribuir as tarefas adequadamente em função dos pontos fortes de cada membro da equipa é um excelente modo de possibilitar que cada um se possa focar no que sabe fazer melhor e, no conjunto, os resultados serão bem melhores do que se tentar fazer tudo sozinho e bem.

Desenvolva a equipa

Delegar tarefas permite aos funcionários crescerem, tornarem-se melhores e mais produtivos. Delegar é uma ferramenta para ajudar os trabalhadores a desenvolverem capacidades, especialmente quando esta delegação de tarefas envolve a necessidade de aprender. Delegar tarefas também agiliza o trabalho pois se o gestor, por algum motivo, não estiver disponível, o funcionário mais facilmente tomará as necessárias decisões.

Fortaleça as relações interpessoais

Ao delegar tarefas está a envolver os seus trabalhadores e a fazer com que estes assumam um maior compromisso com a sua missão na empresa. Estes serão expostos a desafios e sentirão que confia neles. Reciprocamente, também eles confiarão mais em si. Além disso, quando delega tarefas instaura rotinas de comunicação e partilha de informações entre os vários elementos da equipa, o que fomenta a maturação das relações interpessoais na empresa.

 

Como delegar tarefas de modo eficaz?

Escolha a pessoa certa – faça coincidir os requisitos da tarefa com o perfil da pessoa que escolher para a desempenhar. Quando falamos em perfil não queremos falar em capacidades apenas para não esquecer que as capacidades podem ser desenvolvidas e que a delegação de tarefas é também uma forma de o fazer.

Seja claro e objetivo – delegue tarefas cujos objetivos de concretização sejam mensuráveis pois só assim os poderá avaliar e gerir. Há que explicar de modo muito concreto o que é para fazer, como pensa que deverá ser feito e o porquê que deve ser feito.

Envolva a equipa – Delegue envolvendo a participação dos delegados, ou seja, ouvir as suas opiniões e sugestões poderá acrescentar valor ao processo de trabalho e convida a um maior compromisso por parte da equipa. É importante que destas reuniões, os trabalhadores saiam com plena consciência de qual é a sua missão e de que merecem a sua confiança para a levar a bom termo.

 

Delegue tarefas com a ajuda do SYDFACT

O SYDFACT não é apenas um programa de faturação certificado. É também uma ótima ferramenta de gestão de uma das áreas mais sensíveis da sua empresa – a faturação.

Bem sabemos que não precisamos de lhe dizer tal coisa. Vender e faturar são os grandes objetivos de qualquer empresa e nestas áreas todos os funcionários são, direta ou indiretamente, envolvidos. No entanto, no que respeita ao controlo da faturação de uma empresa é provável que lhe seja conveniente que algumas pessoas possam ajudá-lo nesta tarefa e que outras nem sequer tenham noção do que a empresa fatura.

Com o SYDFACT poderá definir os perfis e respetivos níveis de acesso aos seus dados de faturação. Por exemplo, poderá parametrizar o programa para que certos funcionários, tais como gerentes ou supervisores, possam verificar os resultados diários de faturação (até para que mais facilmente possam autoavaliar e melhorar o seu desempenho a nível de objetivos).

Para fazê-lo basta:

1 – aceder a “Parâmetros da empresa” e no separador “Utilizadores” criar um novo utilizador (e mais tarde alterar se necessário).

definirperfil_1

 

2 – definir os dados de identificação e acesso ao programa, relativamente ao utilizador criado.

definirperfil_2

3- após criado o utilizador, selecioná-lo na lista de utilizadores e definir os campos a que este poderá aceder.

definirperfil_3

 

Faça o download gratuito e experimente o SYDFACT em www.sydfact.com

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: